Curso Isquêmico Lacunar Treatment Tratamento do Coração

Se ocorrer um derrame lacunar, os sintomas nem sempre se tornam óbvios. Muitos pacientes retêm audição completa, visão, atividade motora, o que é explicado pelo estado normal do córtex cerebral.

Os primeiros sinais de um derrame lacunar podem ser leves, devido aos quais a violação é frequentemente detectada com algum atraso.

O derrame lacunar geralmente afeta uma pessoa à noite, em um sonho. Antes de um ataque, o paciente pode ser perturbado por dores de cabeça, um aumento da pressão arterial. Com o início da fase aguda, essas condições geralmente desaparecem e os principais sintomas aparecem várias horas (dias) após um acidente vascular cerebral.

As manifestações características da LI são:

  • aumento simétrico no tônus ​​muscular;
  • síndrome convulsiva;
  • comprometimento da memória;
  • problemas com a fala;
  • coordenação prejudicada;
  • enfraquecimento da sensibilidade;
  • paralisia dos músculos oculomotores;
  • tremor, espasmos da cabeça;
  • fraqueza no corpo (pava ou na metade esquerda);
  • micção descontrolada.

Os sintomas de lesão cerebral isquêmica lacunar são observados em aproximadamente 20% dos pacientes. Na maioria dos pacientes, a doença não apresenta manifestações clínicas e é frequentemente um achado diagnóstico acidental durante a tomografia.

Os sintomas da doença são combinados em complexos ou síndromes de sintomas. Os neurologistas distinguem cerca de 20 síndromes, as mais comuns são:

  1. Síndrome motora isolada. Ocorre em 6 em 10 pacientes com AVC lacunar. Os pacientes se queixam de limitação de mobilidade nos membros, violação de expressões faciais. Os sintomas geralmente são unilaterais; eles ocorrem no lado oposto da lesão isquêmica.
  2. Síndrome sensível isolada. Com esta versão do curso, todos os tipos de sensibilidade são perturbados no paciente. O paciente deixa de reconhecer a temperatura, dor, tátil e outros irritantes. A sensibilidade desaparece completamente ou parcialmente diminui.
  3. Síndrome hemiplégica atática. Tais sintomas são diagnosticados em 10-12% dos pacientes. É caracterizada por fraqueza nas pernas ou braços, combinada com atividade motora prejudicada no lado afetado.

Além disso, os sintomas da doença incluem:

  • violação de micção e defecação;
  • comprometimento da memória;
  • fala arrastada.

Se algum sintoma neurológico aparecer, você deve procurar ajuda especializada imediatamente. O tratamento precoce irá melhorar a condição do paciente e prevenir o desenvolvimento de recaídas.

Os sintomas de um acidente vascular cerebral do tipo lacunar dependem diretamente da área da lesão cerebral. Sinais permanentes de um derrame são distúrbios do ritmo cardíaco e pressão alta.

Os médicos distinguem os seguintes grupos de sinais neurológicos dessa patologia:

  1. Síndrome motora isolada (mais de 50% dos casos). A lesão está localizada na cápsula interna do cérebro. Observa-se paralisia da metade oposta do corpo.
  2. Síndrome sensorial isolada (5-10% dos casos). Ocorre durante a formação de lacunas na zona do gânglio talâmico ventral. O paciente perde a sensibilidade total ou parcial do corpo - membros, cabeça, torso. Ele deixa de sentir dor, temperatura de objetos, toques, etc.
  3. Hemiparesia atática (10-12% dos casos). As áreas danificadas do cérebro são a ponte varolium, a parte dorsal da cápsula interna. Essa condição é caracterizada pela coordenação prejudicada dos movimentos e fraqueza nos membros do lado afetado. Muitas vezes, há uma combinação dessa síndrome com perda de sensibilidade (35-40%).
  4. Disartria, constrangimento das mãos (6-7% dos casos). Lacunas estão localizadas nas camadas do tecido nervoso. Paralisia da cabeça, membros superiores podem ocorrer, problemas com a fala começam.

Sinais menos comuns de um derrame lacunar do cérebro podem ser considerados:

  • hipercinesia;
  • síndrome de coordenação;
  • paralisia pseudobulbar;
  • micção involuntária e defecação;
  • discinesia biliar, etc.

tip insulta - AVC isquêmico lacunar ⋆ Tratamento cardíaco

Quando formações lacunares são encontradas em zonas silenciosas, a doença pode ser assintomática.

Com essa patologia, quase todas as funções do córtex cerebral são preservadas. Isto é devido à falta de formação de lacunas nas estruturas corticais.

Freqüentemente, um derrame desse tipo ocorre durante o sono. Procurar atendimento médico imediato ajudará a evitar muitas complicações graves e morte.

Um exame oportuno ajudará a fazer o diagnóstico correto e iniciar o tratamento. Para detectar a presença de formações de cavidades nas estruturas cerebrais, sua localização e forma são capazes de realizar imagens por computador e por ressonância magnética (RM e CT). O quadro da doença se torna mais pronunciado uma semana após o ataque. Durante esse período, diagnósticos repetidos são realizados para confirmar o diagnóstico.

Como já mencionado, o AVC isquêmico lacunar é caracterizado pela formação de lacunas. Eles sempre se formam nas partes mais profundas do cérebro e nunca são localizados no córtex cerebral. Em 80% dos casos, os focos ocorrem na parte branca do cérebro e nos 20% restantes - no cerebelo e na ponte cerebral.

O tamanho das lacunas varia de 1 a 15 milímetros de diâmetro. Em alguns casos, lacunas únicas se fundem, formando sulcos de tamanhos maiores. Segundo fontes, o tipo lacunar é responsável por até um quarto de todos os casos de acidente vascular cerebral isquêmico.

O mecanismo do ataque é o seguinte:

  1. Saltos freqüentes na pressão sanguínea afetam adversamente a condição dos vasos perfurantes. Eles perdem sua elasticidade e freqüentemente os lipídios são depositados neles, em outras palavras, gorduras;
  2. O lúmen nos vasos diminui e se torna insuficiente para a passagem do volume necessário de sangue. Em alguns casos, o lúmen está completamente fechado e o sangue perde a capacidade de passar pelo vaso;
  3. O derretimento está quebrado e as células do cérebro param de receber oxigênio suficiente;
  4. Ocorre necrose tecidual gradual;
  5. No local da necrose, uma lacuna aparece na forma de uma depressão.

Devido ao fato de a patologia não afetar o córtex cerebral, as funções visuais, auditivas e de fala quase nunca são violadas ou acontecem muito superficialmente. Mas as funções motoras e sensoriais sofrem mudanças.

lakunarnyj ishemicheskij insult 1 - Acidente vascular cerebral isquêmico lacunar ⋆ Tratamento cardíaco

Os primeiros sintomas desde o início de uma condição patológica podem aparecer dentro de algumas horas, mas às vezes leva vários dias. Sinalizar a ocorrência de um acidente vascular cerebral lacunar pode:

  • Dor de cabeça severa
  • Paresia dos membros;
  • Coordenação prejudicada dos movimentos;
  • Atos não controlados de micção e defecação;
  • Diminuição da sensibilidade em certas áreas do corpo;
  • Dormência das partes do corpo, mantendo as funções motoras. Esse sintoma é raro, não mais frequentemente do que em 5% dos casos;
  • Deterioração visual, função da fala;
  • Baixa concentração de atenção;
  • Atividade intelectual diminuída.

Tendo em vista as peculiaridades do curso do tipo de derrame lacunar, bem como o pequeno tamanho das lesões, os três últimos sintomas, em regra, são leves ou moderados. Além disso, às vezes os sinais de patologia estão completamente ausentes. Essa condição pode ser chamada subclínica. Frequentemente, a presença de lacunas é detectada apenas durante a autópsia.

Como o AVC isquêmico lacunar é uma variante do infarto cerebral, ele também se manifesta como sinais de um microinfarto. Uma vez que a substância cinzenta não é afetada, nada de assustador aparece: nem paralisia, nem náusea, nem desmaio podem ser atribuídos à idade senil. E apenas uma observação cuidadosa revela:

  • o aparecimento de hipertonia simétrica dos músculos de todo o corpo (geralmente com o desenvolvimento de convulsões bilaterais);
  • aprofundar a perda de memória e prejudicar a qualidade da fala;
  • o aparecimento de distúrbios de coordenação de movimentos (“marcha trêmula”);
  • “Omissões” de fezes e urina (devido à falta de controle sobre os processos nesses órgãos);
  • fraqueza nos músculos dos membros da metade do corpo;
  • distúrbios da sensibilidade (dor, tátil) e termorregulação do corpo.

A combinação mais indicativa de distúrbio da fala e “estranheza na mão” que apareceu após uma noite de sono. Os sintomas indicados nunca aparecem todos de uma vez.

Todos os sintomas do processo patológico são divididos em dois grandes grupos:

  • sinais clínicos gerais - manifestações específicas de um AVC, segundo as quais a maioria dos pacientes pode ser diagnosticada;
  • síndromes de doenças - uma combinação típica de vários distúrbios que indicam a localização da lesão.

Os sinais clínicos comuns são:

  • presença obrigatória de hipertensão arterial em um paciente;
  • geralmente, um derrame lacunar ocorre em um sonho, é precedido por uma dor de cabeça, aumento da pressão;
  • imediatamente durante um derrame, a pressão arterial está normal / ligeiramente elevada, não há dor de cabeça / leve, sonolência, letargia ou perda de consciência;
  • discurso, capacidade de ler, contar salvo;
  • a deterioração ocorre gradualmente ao longo de várias horas / dias, frequentemente acompanhada por uma melhora temporária.
NomeLocalização da lesão
Acidente vascular cerebral puramente motor (50%) - paralisia de uma metade do corpoCápsula interna, ponte, às vezes coroa radiante, perna do cérebro, raramente - medula oblonga
O AVC puramente sensível (5%) é uma violação unilateral de todos ou da maioria dos tipos de sensibilidade: dor, temperatura, tatoTálamo, menos comumente o tronco cerebral
A hemiparesia atáxica (10%) é um desequilíbrio acompanhado de tontura apenas no sentido horário / anti-horário. Movimentos precisos são mal dados ao pacientePonte, cápsula interna, tronco cerebral
Curso do motor sensível (35%)Tálamo ou cápsula interna, com menos frequência - coroa radiante, ponte
O constrangimento na mão e a disartria são problemas com movimentos precisos e direcionados da mão, comprometimento da fala: uma pessoa recebe mal a pronúncia de sons individuais de palavras devido à incapacidade de controlar os músculos faciais.Ponte, cápsula interna
Hemicoréia-hemibalismo - ondulação unilateral não controlada do braço, perna, cabeça.Núcleo lenticular, núcleo caudado
Paralisia muscular facial isolada - a parte inferior do rosto é inclinada para um lado, a mobilidade da testa (a capacidade de franzir a testa, levantar as sobrancelhas) geralmente é preservada.Coroa radiante, cápsula interna

Os princípios básicos do tratamento

Os médicos com derrame do tipo lacunar costumam chamar um ataque cardíaco. A principal razão para sua ocorrência é considerada uma violação da circulação sanguínea nas artérias perfuradas profundas do cérebro no contexto de hipertensão e aterosclerose sistêmica.

insulto lakunarnyj - Lacunar Ischemic Stroke ⋆ Heart Treatment

Pequenas lacunas se formam em áreas do tecido cerebral danificadas pela isquemia. O diâmetro médio dessas cavidades é de 10 mm.

O infarto lacunar do cérebro é frequentemente visível nos tecidos do cerebelo, substância branca, cápsula interna, ponte e tálamo.

As principais causas da patologia são pressão alta e alterações ateroscleróticas nos vasos sanguíneos. Os especialistas observam que a doença pode se desenvolver tanto no auge da crise arterial quanto com um curso estável de hipertensão.

Além disso, fatores etiológicos significativos:

  • malformações congênitas dos vasos cerebrais;
  • êmbolos resultantes de infarto do miocárdio;
  • patologia endócrina;
  • condições associadas ao aumento da trombose;
  • maus hábitos.

O tratamento oportuno iniciado pode melhorar significativamente o prognóstico, sem levar a patologia a graves consequências. Um dos principais pontos da terapia é a correção da pressão arterial. É alcançado por:

  • bom descanso;
  • reduzir o número de situações estressantes;
  • desistir de maus hábitos;
  • normalização da dieta;
  • tomando anti-hipertensivos.

A normalização do nível de pressão arterial deve ser combinada com o uso de agentes antiplaquetários. Eles melhoram as propriedades reológicas do sangue e impedem o desenvolvimento de recaídas.

Outra área de tratamento para pacientes com acidente vascular cerebral isquêmico lacunar é o uso de medicamentos que melhoram a microcirculação sanguínea. A terapia começa parenteralmente com uma transição gradual para administração oral.

Para melhorar a condição do tecido nervoso, são usados ​​neurotróficos. Eles melhoram o suprimento de oxigênio e nutrientes ao GM, estimulando os processos de recuperação.

Além de uma aparência específica, a forma lacunar de um ataque cardíaco difere de outras variedades de acidente vascular cerebral por vários sinais específicos. O primeiro é o pequeno tamanho da lesão. A magnitude dos cursos lacunares é de 1 mm a 1,5-2 cm. Ocasionalmente, são encontradas seções maiores de um ataque cardíaco (mais de 2 cm), chamadas de gigantes.

Freqüentemente, a doença é múltipla. Em um paciente, de várias dezenas a centenas de cavidades podem ser encontradas, dando ao cérebro do paciente a aparência de uma cabeça de queijo. Normalmente esse quadro anatômico é observado em idosos, pacientes com diabetes mellitus. Lesões em múltiplos órgãos são a causa da demência senil (demência), doença de Parkinson, hemorragia extensa, sintoma pseudobulbar.

Também são encontradas lacunas únicas, mais frequentemente em mulheres e jovens (3).

O aparecimento de lacunas está associado a danos nas pequenas artérias intracerebrais, que passam profundamente no meio do cérebro. Cavidades patológicas se formam ao redor do vaso afetado; portanto, o córtex do órgão não toca. Devido ao fato de que funções mais altas (fala, memória, inteligência) raramente são afetadas, outros sintomas podem ser leves. Esta é a principal razão pela qual a doença nem sempre é capaz de ser diagnosticada durante a vida.

A ocorrência de um acidente vascular cerebral está sempre associada à hipertensão arterial. A exposição crônica à alta pressão causa várias lesões pontuais nos vasos cerebrais de até 1 cm de comprimento:

  • a morte de células da parede da artéria, vazamento da lesão com fibrina (necrose fibrinóide);
  • saída de plasma da corrente sanguínea (plasmorragia);
  • impregnação da parede do vaso com uma proteína específica, fazendo com que pareça um tubo de vidro (hialinose);
  • substituição de tecido conjuntivo por parede arterial;
  • deposição de gordura, geralmente sem a formação de placas ateroscleróticas.

As células nervosas localizadas ao redor da artéria afetada começam a receber uma quantidade inadequada de oxigênio e nutrientes. Quando seu déficit se torna crítico, os neurônios morrem. Desde então, uma lacuna foi formada no local da necrose.

imagem padrão do usuário - AVC isquêmico lacunar ⋆ Tratamento cardíaco

Outro mecanismo de formação de cavidades é típico de ataques cardíacos localizados a alguma distância ao longo do vaso principal. A camada média da artéria consiste em células musculares - miócitos, que são destruídos pela hipertensão arterial. O vaso deixa de suportar o bombeamento de sangue, seus ramos distantes ficam semivazios, o que leva à necrose dos neurônios.

Ocasionalmente, a morte de neurônios com a formação de lacunas é causada pela ruptura de pequenas protrusões dos vasos cerebrais (aneurismas). Esta forma da doença refere-se a subtipos hemorrágicos de acidente vascular cerebral.

A hipertensão arterial era anteriormente considerada a única causa de derrame lacunar. Estudos mais aprofundados mostraram que, em alguns pacientes, o infarto cerebral se desenvolve como conseqüência de uma combinação de aterosclerose das artérias cerebrais, alta pressão. Mas, por si só, lesões ateroscleróticas das artérias, o cérebro nutritivo raramente causa a formação de cáries.

Outros fatores de risco para acidente vascular cerebral lacunar (3):

  • diabetes mellitus tipo 2;
  • abuso de álcool;
  • fumar;
  • micro-cursos transferidos;
  • idade avançada.

Existem vários fatores possíveis para a ocorrência de acidente vascular cerebral lacunar. Todos eles, de uma maneira ou de outra, estão associados ao estado do sistema cardiovascular.

A hipertensão arterial é considerada a principal razão para o início de um derrame lacunar do cérebro. Quanto mais frequentemente ocorrem picos de pressão, maior o risco de patologia, pois cada vez que as paredes das artérias se esticam e perdem sua elasticidade. Isso preocupa principalmente pessoas que não controlam a situação e permitem um aumento constante da pressão.

Além da hipertensão, o seguinte pode provocar o desenvolvimento de patologias:

  • Aterosclerose;
  • Diabetes;
  • Arterite;
  • Trombose;
  • Metabolismo de carboidratos prejudicado;
  • Vasculite;
  • Hematopoiese perturbada;
  • Êmbolos decorrentes de ataque cardíaco, fibrilação atrial;
  • Insuficiência renal crônica.

lakunarnyj insult1 - Acidente vascular cerebral isquêmico lacunar ⋆ Tratamento cardíacoDiabetes mellitus - um fator provocador de acidente vascular cerebral lacunar

Note-se também que o AVC lacunar pode ocorrer devido a hemorragias nos tecidos adjacentes.

Atualmente, os especialistas isolam um derrame pequeno, progressivo e completo que afeta o cérebro humano. Pequeno tem déficits neurológicos reversíveis. Basicamente, esse tipo de patologia é diagnosticado se os sintomas regredirem completamente em 2 ou 3 semanas. Até o momento, de acordo com as estatísticas, isso acontece em 10-15% dos casos.

Além disso, há também um acidente vascular cerebral progressivo, que é diagnosticado se o grau de déficit neurológico aumentar ao longo do tempo. Nesta regressão de distúrbios neurológicos ou sua estabilização, tornam-se sinais de um derrame completo ou, como também é chamado, de um derrame extenso.

O AVC lacunar, que é um tipo de AVC isquêmico, ocorre em 15 a 30% dos casos. O desenvolvimento da patologia começa na formação da oclusão dos pequenos vasos do cérebro. Freqüentemente, o local de localização é o núcleo subcortical.

No local da localização, o acidente vascular cerebral difere da seguinte forma: dano ao pool vascular e vertebrobasilar. Além disso, no pool vascular é afetado:

  • artéria carótida interna;
  • artéria frontal;
  • artéria média.

A derrota da bacia vertebrobasilar ocorre através de:

  • artéria vertebral;
  • artéria basilar;
  • cerebelo;
  • artéria cerebral posterior;
  • tálamo.

Primeiro de tudo, são realizados testes para identificar a doença. Nesse caso, a hipertensão arterial é detectada imediatamente. Após um ataque, todos os sintomas podem piorar nos próximos dias, geralmente esse tempo é limitado a horas. É por isso que o paciente está sob a supervisão de especialistas esse tempo todo.

Se a doença foi detectada o mais cedo possível, o tratamento adequado terá efeito e, no período de até 6 meses, todas as funções motoras e outras serão devolvidas ao paciente. Para o diagnóstico de patologia, são utilizadas tomografia computadorizada e ressonância magnética. Primeiro de tudo, o tratamento visa reduzir a pressão ao normal e melhorar a circulação sanguínea.

!  Taquicardia moderada em uma criança e um adulto o que é

No tratamento do derrame lacunar, os especialistas usam terapia básica. O tratamento diferenciado não é utilizado, pois não há necessidade. Os princípios do tratamento são os seguintes:

  • drogas metabólicas e neuroprotetoras são usadas;
  • durante o tratamento, o objetivo é melhorar a circulação sanguínea;
  • além disso, é utilizada terapia adequada da doença de base da lesão vascular, ou seja, os sintomas de vasculite, diabetes, hipertensão e aterosclerose são eliminados.

De particular importância é o número de tratamentos, nomeadamente o período de reabilitação. É a partir da sua implementação que depende a restauração completa do funcionamento de todas as partes do corpo.

Métodos de terapia

Diagnosticar um acidente vascular cerebral lacunar é um processo complexo. Um site com alterações patológicas é pequeno; portanto, nem as técnicas modernas de imagem são sempre capazes de determiná-lo. Somente uma abordagem integrada ao diagnóstico permite que você faça o diagnóstico correto. Os especialistas consideram:

  1. Anamnese. Um paciente com suspeita de AVC lacunar tem histórico de hipertensão, distúrbios metabólicos e outros fatores de risco.
  2. Reclamações do paciente. Este é o componente básico de qualquer diagnóstico.
  3. O quadro clínico. Os sintomas da doença podem aparecer imediatamente na íntegra ou aumentar gradualmente, por isso deve haver monitoramento do paciente em dinâmica.
  4. Parâmetros bioquímicos do sangue (aumento do colesterol, certas frações de lipoproteínas, glicemia).
  5. Eletrocardiograma que pode detectar distúrbios do ritmo cardíaco e sintomas de infarto do miocárdio.
  6. MRI Este método instrumental permite visualizar a cavidade no tecido cerebral em diferentes níveis, para determinar sua forma e tamanho.

O tratamento do AVC lacunar só deve ser realizado por médicos qualificados. A automedicação neste caso é estritamente proibida. No período agudo, o paciente deve estar em um ambiente hospitalar. Uma vez que um acidente vascular cerebral lacunar está intimamente associado à hipertensão arterial, a terapia geralmente é realizada não apenas por um neurologista, mas também por um cardiologist.

A base para o tratamento do AVC isquêmico lacunar é a terapia medicamentosa. Os pacientes podem ser designados:

  • Medicamentos que baixam a pressão sanguínea. Exemplo: Furosemida, enalapril;
  • Diluentes e coágulos sanguíneos. O exemplo mais impressionante é a aspirina;
  • Medicamentos que eliminam coágulos sanguíneos existentes. Exemplo: Vrafarin;
  • Medicamentos que melhoram a circulação cerebral. Exemplo: Nootropil.

lakunarnyj insult3 - Acidente vascular cerebral isquêmico lacunar ⋆ Tratamento cardíacoFurosemida - um medicamento para o tratamento de acidente vascular cerebral lacunar

Durante o tratamento, é realizada monitoração constante da pressão arterial.

Dependendo dos sintomas, medicamentos adicionais, como neuroprotetores, podem ser prescritos. Os complexos vitamínicos não serão supérfluos. Eles ajudarão a repor o equilíbrio de nutrientes essenciais no corpo e fortalecer o sistema imunológico do paciente.

Nenhum ponto menos importante no tratamento do AVC isquêmico lacunar é a reabilitação. Em combinação com a terapia medicamentosa correta, pode ajudar o paciente a se recuperar o mais rápido possível.

Diagnósticos modernos

Os métodos de pesquisa usuais - a imagem por ressonância magnética computadorizada nem sempre são capazes de detectar acidente vascular cerebral isquêmico lacunar do cérebro, especialmente com lesões de tamanho minúsculo (menos de 1 mm).

Um neurologista experiente faz um diagnóstico, localização da lesão de acordo com marcadores patológicos típicos:

  • quadro clínico característico, história médica;
  • A ressonância magnética não revela patologia, embora os sintomas correspondam claramente a um acidente vascular cerebral. No 7º dia da doença, lesões podem ser visualizadas;
  • angiografia livre de desvio;
  • o nível de enzimas do líquido cefalorraquidiano (creatina quinase, conversão da angiotensina, lactato desidrogenase) é normal.

Reabilitação de AVC

O tipo de derrame lacunar necessariamente requer reabilitação após o tratamento. Pode ter como objetivo restaurar funções fisiológicas e distúrbios psicológicos, mas na maioria das vezes é complexo. Durante a reabilitação, um médico de reabilitação, fisioterapeuta, médico de terapia do exercício, psicólogo, fonoaudiólogo e massoterapeuta podem trabalhar com o paciente.

O curso de reabilitação pode incluir:

  • Exercícios de fisioterapia. Ao contrário dos exercícios comuns, inclui exercícios especialmente selecionados que visam restaurar certos grupos musculares ou articulações;
  • Massoterapia. É realizado com o objetivo de melhorar a circulação sanguínea e restaurar as funções motoras e sensoriais das áreas afetadas do corpo;
  • Aulas em simuladores. Nesse caso, também, como regra, são utilizados simuladores especializados, e não de natureza geral;
  • Procedimentos de fisioterapia, por exemplo: estimulação elétrica, biocorrentes.

Se, no entanto, forem observados distúrbios da fala, um fonoaudiólogo precisará de aulas, mas os próprios familiares do paciente podem desempenhar um papel importante nisso, porque quanto mais eles dedicam tempo às aulas com ele, mais rapidamente os resultados da reabilitação aparecerão. Além disso, em muitos casos, são necessárias aulas para treinar a concentração da atenção, memória e outras atividades mentais.

A recuperação de um paciente após um ataque experiente deve ocorrer apenas sob a supervisão de especialistas qualificados.

As consequências de um derrame lacunar são distúrbios motores e psicológicos, portanto a reabilitação desses pacientes deve ser abrangente. Ele deve ser iniciado o mais cedo possível e realizado sob a supervisão de um especialista.

A reabilitação motora visa eliminar as consequências negativas do sistema músculo-esquelético. Seu objetivo é a restauração completa dos movimentos. Para fazer isso, use:

  • exercícios físicos especiais;
  • estimulação elétrica do aparelho neuromuscular;
  • ginástica passiva;
  • aulas em simuladores.

O prognóstico para a reabilitação motora precoce é positivo. Na maioria dos pacientes, a quantidade de atividade motora no membro afetado aumenta.

A perturbação da fala é uma consequência comum de um derrame lacunar. Para a reabilitação de tais pacientes:

  • realizar aulas com um fonoaudiólogo;
  • comunicar com a família.

A falta de isolamento da fala é um fator crítico para a reabilitação positiva. Melhora significativamente o prognóstico e aumenta a probabilidade de restaurar a compreensão e a reprodução da fala.

A reabilitação social é alcançada através da criação de um microclima favorável na família, envolvendo gradualmente o paciente na lição de casa e um hobby interessante.

Prováveis ​​consequências e previsão de especialistas

Se um único acidente vascular cerebral lacunar foi observado, as previsões dos especialistas são bastante favoráveis. Em geral, após algum tempo de recuperação após a recidiva, todas as funções retornam ao paciente, embora seja provável que ainda sejam observados sintomas motores e residuais sensíveis.

Com recaídas frequentes, há uma chance de desenvolver um estado lacunar do cérebro, e a probabilidade disso é muito alta. De acordo com as estatísticas, essa complicação é observada em 65-70% dos casos com lesões repetidas.

Mas, apesar de as funções serem restauradas, o derrame lacunar deixa uma marca indelével no estado mental de uma pessoa.

O estado mental se presta a mudanças graduais. Assim, são notados lapsos de memória, dificuldades de comunicação e desorientação. A consequência de um derrame lacunar é a presença de lágrimas, um sentimento de desamparo, o aparecimento de birras frequentes e um estado de afeto.

De todas as formas de acidente vascular cerebral agudo com sintomas persistentes, os pacientes com AVC lacunar têm o melhor prognóstico. A morte diretamente do ataque em si é extremamente rara. Segundo um estudo global, apenas 3,5% dos pacientes morrem nos primeiros 1,78 anos (4). As piores previsões são:

  • os idosos;
  • pacientes com diabetes;
  • pressão sistólica elevada: cada 20 mmHg “extra” aumenta o risco em 1,3 vezes;
  • hemoglobina baixa (menos de 13 g / dl);
  • diminuição da capacidade de filtração dos rins;
  • O RIC <SЃRѕRєRoR№ RoRЅRґRμRμRєSЃ RјR ° SЃSЃS <S, RμR "P °: SѓRІRμR" Roes W RμRЅRoRμ SЂRoSЃRєR ° PI 1,8 ° RЅR SєRєRєR € RЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃRЃ RЃRЃRЃ RЃRЃ

RџRѕЃR “RμRґSЃS, RІRoSЏ P” P ° R °SѓRЅR SЂRЅRѕRіRѕ RoRЅS “P ° SЂRєS, R SЃRІSЏR ° · ° RЅS P

Detonic - um medicamento único que ajuda a combater a hipertensão em todas as fases do seu desenvolvimento.

Detonic para normalização da pressão

O efeito complexo dos componentes vegetais da droga Detonic nas paredes dos vasos sanguíneos e no sistema nervoso autônomo contribuem para uma rápida diminuição da pressão arterial. Além disso, este medicamento evita o desenvolvimento da aterosclerose, graças aos componentes únicos envolvidos na síntese da lecitina, um aminoácido que regula o metabolismo do colesterol e impede a formação de placas ateroscleróticas.

Detonic síndrome não viciante e de abstinência, uma vez que todos os componentes do produto são naturais.

Informações detalhadas sobre Detonic está localizado na página do fabricante www.detonicnd.com.

Tatyana Jakowenko

Editor-chefe da Detonic revista online, cardiologista Yakovenko-Plahotnaya Tatyana. Autor de mais de 950 artigos científicos, inclusive em revistas médicas estrangeiras. Ele tem trabalhado como um cardiologista em um hospital clínico há mais de 12 anos. Possui modernos métodos de diagnóstico e tratamento de doenças cardiovasculares e os implementa em suas atividades profissionais. Por exemplo, usa métodos de reanimação do coração, decodificação de ECG, testes funcionais, ergometria cíclica e conhece muito bem a ecocardiografia.

Por 10 anos, ela tem participado ativamente de vários simpósios médicos e workshops para médicos - famílias, terapeutas e cardiologistas. Ele tem muitas publicações sobre estilo de vida saudável, diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas e vasculares.

Ele monitora regularmente novas publicações de europeus e americanos cardiolrevistas científicas, escreve artigos científicos, prepara relatórios em conferências científicas e participa em conferências europeias cardiology congresses.

Detonic