Arritmia sinusal do coração - o que é perigoso, o que é, tratamento, drogas, o que fazer

Essa arritmia não é considerada um desvio da norma, pois representa uma desaceleração da freqüência cardíaca durante a inspiração e aceleração na expiração, razão pela qual é chamada de respiratória. Como regra, em pessoas saudáveis, observa-se devido ao fato de que, em diferentes fases da respiração, a influência do nervo vago no nó sinusal muda.

Esse tipo de arritmia é frequentemente observado em crianças e adolescentes, bem como em adultos com distonia vegetovascular, doenças cerebrais ou uma infecção grave anterior.

Talvez você queira saber sobre o novo medicamento - Cardiol, que normaliza perfeitamente a pressão sanguínea. Cardiol cápsulas são uma excelente ferramenta para a prevenção de muitas doenças cardíacas, porque contêm componentes únicos. Este medicamento é superior em suas propriedades terapêuticas a esses medicamentos: Cardiline, Recardio, Detonic. Se você quiser saber informações detalhadas sobre Cardiol, Vá para o site do fabricante. Aqui você encontrará respostas para perguntas relacionadas ao uso deste medicamento, avaliações de clientes e médicos. Você também pode descobrir o Cardiol cápsulas no seu país e as condições de entrega. Algumas pessoas conseguem obter um desconto de 50% na compra deste medicamento (como fazer isso e comprar pílulas para o tratamento da hipertensão por 39 euros, está disponível no site oficial do fabricante).Cardiol cápsulas para o coração

Taquiarritmia

É diagnosticada se a freqüência cardíaca exceder 80 batimentos por minuto e em repouso. Se isso ocorrer durante inquietação, estresse, ansiedade ou esforço físico, a condição não é considerada um desvio da norma.

Como regra, a taquiarritmia é um sinal de problemas com a circulação sanguínea, o sistema nervoso autônomo e a glândula tireóide. É perigoso porque, devido ao trabalho estressante, o coração não está cheio de sangue na quantidade certa; portanto, o suprimento de sangue para tecidos, órgãos e o próprio coração é interrompido. Esta condição é perigosa com uma diminuição da pressão arterial e isquemia do miocárdio e, em seguida, com isquemia do coração e ataque cardíaco.

Bradiarritmia

Diferentemente do tipo anterior, a bradiarritmia é diagnosticada se a taxa de pulso não atingir 60 batimentos por minuto. Essa condição se desenvolve se houver pré-requisitos na forma de:

  • alterações escleróticas no miocárdio;
  • desordens endócrinas;
  • miocardite;
  • isquemia cardíaca;
  • jejum prolongado;
  • nó sinusal fraco;
  • hipóxia do cérebro e distúrbios circulatórios.

Com bradiarritmias, além de uma freqüência cardíaca insuficiente, o paciente sofre de tontura, fraqueza, dor no coração. Além disso, o desmaio ocorre se o pulso não exceder 40 batimentos por minuto. Essa condição é perigosa por parada cardíaca.

Extrasistole

É diagnosticado se o músculo cardíaco ou uma parte separada fizer contração prematura. Isso acontece, em regra, devido a tais provocadores:

  • falta de potássio no corpo;
  • sobrecarga psicoemocional;
  • maus hábitos - fumar, abusar de café ou chá;
  • dano miocárdico devido a cardiosclerose;
  • isquemia ou distrofia do miocárdio.

Nesta condição, o paciente sente um coração afundando, tremores repentinos, uma sensação de ansiedade e / ou falta de ar. Para normalizar a condição, você precisará se livrar completamente dos maus hábitos e mudar para uma nutrição adequada.

Os médicos dividem a arritmia sinusal em vários tipos. Cada um deles é caracterizado por uma certa frequência de contração do músculo cardíaco.

Taquicardia

A condição é caracterizada por palpitações cardíacas, acima de 80 batimentos por minuto. Ao mesmo tempo, o sangue não tem tempo para encher completamente as câmaras do coração, o que leva a distúrbios no trabalho dos músculos e órgãos internos do coração. A taquicardia acompanha doenças como:

  • distúrbio circulatório;
  • problemas com a glândula tireóide;
  • funcionamento incorreto do sistema nervoso autônomo.
  • anemia;
  • hipertermia etc.

Bradicardia

Nesse caso, o coração bate muito devagar, não mais que 60 batimentos por minuto. A condição é acompanhada por fraqueza, tontura e dor no coração. Com uma diminuição no número de batimentos cardíacos para 40 e abaixo, são possíveis condições de desmaio e até parada cardíaca. Causas de bradicardia:

  • overdose de drogas;
  • falta de hormônios da tireóide, etc.

Extrasistole

Nesse caso, é observada contração cardíaca prematura. Os motivos podem ser:

  • sobrecarga emocional;
  • falta de magnésio, cálcio e potássio no sangue;
  • maus hábitos.

O ritmo sinusal na norma pode ser caracterizado pela freqüência cardíaca dentro de 60 a 80 batimentos / minuto, com intervalos iguais de tempo.

A arritmia sinusal é dividida em tais variedades:

  1. Taquicardia sinusal. Este tipo de arritmia sinusal é caracterizado por um aumento da freqüência cardíaca acima de 80 batimentos / min. Em geral, durante essa doença, a frequência cardíaca atinge 90-120 batimentos / minuto, mas às vezes também é 150-160. Este tipo de arritmia sinusal é fisiológica durante um período de esforço físico, estresse psicoemocional, durante um período de febre.
    Com base no aumento da frequência cardíaca, é possível estabelecer aproximadamente a temperatura do corpo, uma vez que a frequência cardíaca por 1 grau é de 8 a 10 batimentos por minuto. Processos patológicos em taquicardia sinusal que acompanham hipertensão, isquemia, miocardite, cardiomiopatia, cardiopatias.
    A ocorrência de taquicardia é característica de neurose, anemia, hipotensão, tireotoxicose, lesões infecciosas agudas e crônicas e envenenamento tóxico.
  2. Bradicardia sinusal. Este tipo de arritmia ocorre quando a frequência cardíaca é inferior a 60 batimentos / minuto. Fisiologicamente, esse fenômeno ocorre em pessoas fisicamente treinadas, durante o sono, na 2ª metade da gravidez.
    A bradicardia sinusal fisiológica é caracterizada por inconsistência - com o estresse físico, o ritmo cardíaco pode aumentar. Isso permite distinguir a bradicardia sinusal do bloqueio atrioventricular, durante o qual, após a tensão, o ritmo cardíaco fica mais lento.
    Também é observado durante qualquer doença infecciosa, jejum prolongado, cardiosclerose, aumento da pressão no interior do crânio, hipotireoidismo, intoxicação por nicotina e chumbo e overdose de drogas.
  3. Arritmia respiratória. Sua manifestação está na forma de um ritmo sinusal inadequado, durante o qual são determinados períodos de mudança de aceleração e desaceleração da freqüência cardíaca. Durante esse fenômeno, a frequência cardíaca aumenta no momento da inspiração e, ao expirar, diminui. Pode ser encontrado frequentemente na adolescência, em jovens saudáveis. Ao longo da vida, a arritmia respiratória desaparecerá.
    Mas esse tipo de arritmia ocorre no período:
    • distonia neurocirculatória;
    • ao se recuperar de uma doença infecciosa;
    • no momento dos processos patológicos no cérebro.

Etapas e sintomas

A arritmia sinusal se manifesta gradualmente, dependendo do estágio:

  1. Moderado (leve). Como regra, não aparece de forma alguma. Pode ocorrer devido às características específicas do corpo de uma pessoa em particular ou à idade avançada que a acompanha. A fase não é classificada como desvio da norma se provocada por desequilíbrio hormonal (freqüentemente observado em adolescentes).
  2. Primeiro grau. Manifestado por respiração prejudicada. A condição não causa desconforto e geralmente desaparece sem causar preocupação em humanos. Contudo, às vezes também ocorre desmaios freqüentes; portanto, uma consulta com um médico é obrigatória. Como regra, o grau é característico de adolescentes durante a puberdade, atletas e idosos.
  3. Segundo grau. Os sintomas já estão claramente manifestados, apresentados sob a forma de fraqueza severa, fadiga e falta de ar. Por via de regra, uma pessoa também sofre de outras doenças cardíacas.
  4. Expressa Este é o estágio mais perigoso, que requer tratamento competente. Os seguintes sintomas são claramente manifestados - pulso rápido ou fraco (dependendo do tipo de arritmia), dor na região do peito, pressão arterial baixa, sensação de constante falta de sono, fraqueza geral.

crianças

Em crianças saudáveis, em idade pré-escolar e escolar, geralmente são diagnosticadas com arritmia sinusal fisiológica (respiratória), cuja ausência é um sinal de patologia do músculo cardíaco. Outras formas de arritmias já estão causando preocupação e são causadas por tais razões:

  • estresse severo;
  • depressão psicológica;
  • malformações do desenvolvimento dentro do tubo;
  • tumores e defeitos cardíacos;
  • patologias de órgãos internos;
  • predisposição hereditária;
  • infecções prolongadas e graves;
  • doenças do miocárdio.

Além disso, crianças de 6 a 7 anos e 9 a 10 anos são incluídas no grupo de risco devido a um estado nervoso instável, bem como na presença de indicações como:

  • excesso de peso;
  • raquitismo;
  • encefalopatia pós-natal;
  • doenças da glândula tireóide, coração e vasos sanguíneos;
  • reumatismo.

Em muitos casos, essa forma de arritmia em crianças e adolescentes passa independentemente da idade, mas se isso não acontecer, a atividade física poupada e a total conformidade com as regras de um estilo de vida saudável são prescritas para evitar consequências negativas. Nesse caso, somente um médico pode prescrever um tratamento eficaz, após a realização de um eletrocardiograma, durante o qual ele solicitará que o paciente prenda a respiração.

A arritmia sinusal causa uma violação do ritmo cardíaco e a condutividade dos impulsos internos eletrônicos também é perturbada. Essa condição pode ser inofensiva ou perigosa, dependendo do tipo de arritmia e de seu estágio. Para diagnosticar com precisão a condição, você precisa entrar em contato com um cardiologista ou terapeuta que, se necessário, prescreverá tratamento eficaz ou prescreverá medidas preventivas.

Detonic - um medicamento único que ajuda a combater a hipertensão em todas as fases do seu desenvolvimento.

Detonic para normalização da pressão

O efeito complexo dos componentes vegetais da droga Detonic nas paredes dos vasos sanguíneos e no sistema nervoso autônomo contribuem para uma rápida diminuição da pressão arterial. Além disso, este medicamento evita o desenvolvimento da aterosclerose, graças aos componentes únicos envolvidos na síntese da lecitina, um aminoácido que regula o metabolismo do colesterol e impede a formação de placas ateroscleróticas.

Detonic síndrome não viciante e de abstinência, uma vez que todos os componentes do produto são naturais.

Informações detalhadas sobre Detonic está localizado na página do fabricante www.detonicnd.com.

Svetlana Borszavich

Clínico geral, cardiologista, com trabalho ativo em terapia, gastroenterologia, cardiologia, reumatologia, imunologia com alergologia.
Fluente em métodos clínicos gerais para o diagnóstico e tratamento de doenças cardíacas, bem como eletrocardiografia, ecocardiografia, monitoramento de cólera em um eletrocardiograma e monitoramento diário da pressão arterial.
O complexo de tratamento desenvolvido pelo autor ajuda significativamente com lesões cerebrovasculares e distúrbios metabólicos no cérebro e doenças vasculares: hipertensão e complicações causadas pelo diabetes.
O autor é membro da Sociedade Europeia de Terapeutas, participante regular de conferências e congressos científicos na área de cardiologia e medicina geral. Ela participou repetidamente de um programa de pesquisa em uma universidade particular no Japão no campo da medicina reconstrutiva.

Detonic